Portuguese English

Eleições para a Presidência do COI

Sergey Bubka... Será ele o vencedor?

Quando só havia dois nomes (GER e SIN), a eleição parecia vir a ser um 'passeio no parque', a favor do T. Bach... Depois, lá surgiu o D. Oswald mas, na europa, 'as fichas' continuavam todas no alemão...

Mais tarde, numa disputa meramente regional, lá apareceu o candidato da formosa, sem alterar a correlação de forças existente... E aí, na lógica vigente de afirmação continental, teve que surgir 'alguém' das américas, para entreter os 'comentadores'...

Enquanto isso, o 'delfim' de J. Rogge (TB, que se mostrou em tudo o que foi cerimónia pública de relevo sempre 'colado' a ele, incluíndo, e designadamente, as de abertura e encerramento dos JJ.OO. de Londres, junto da própria Família Real britânica) lá ía 'cantando e rindo', certo da sua vitória final.

E até o último concorrente (UKR) se apresentar, também eu não tinha quaisquer dúvidas sobre o desfecho desta contenda. Reforço, mesmo com o suiço pelo meio. E porquê?

  1. Porque sei que, felizmente, no seio do COI, as IF's (directa e indirectamente) ainda 'controlam' dois terços da capacidade electiva;
  2. Porque, ao contrário do que a maioria julga, não são (apenas) os NOC's a dominar 'estes' processos;
  3. Porque, naturalmente, a nobre 'nomenklatura' da tradicional e 'velha' europa, dificilmente veria outro anel sentado no trono do poder dos 'senhores dos ditos', que não um titular que 'use' a sua distintiva anilha 'verde'.

Acontece que, com a entrada em cena de S. Bubka, e principalmente, com o apoio (já) expresso dos maiores esteios do Movimento Olímpico, as IF's nucleares IAAF e FINA (entre outras de grande 'peso político'), a esta liderança 'mais atlética'... a balança - a meu ver - pendeu decisivamente para o... last but not least

Convém nunca esquecer que, em larguíssima medida, quem permanentemente assegura os 'olímpicos' proveitos do COI - na esmagadora maioria das 'frentes' - são as IF's, através dos seus protagonistas, conteúdos, organização e, mesmo, logística associada... que, 'em pacote' são excelsamente comercializados, sob a fortíssima marca 'olímpica'.

Até lá, já se percebeu em que sentido vai o meu voto no escrutínio de Buenos Aires...

Em Setembro próximo saberemos quem tinha razão.

FOP, 2013/07/10.

Menu principal

Story | by Dr. Radut